Oficinas Culturais realizam a Jornada da Gestão Cultural no interior paulista

Série de bate-papo que aprofunda discussões sobre o mercado cultural é voltada para gestores, produtores e artistas

Elaboração e avaliação de projetos culturais, captação de recursos, planejamento, comunicação e marketing são alguns dos temas abordados na primeira edição da Jornada de gestão cultural, que acontece dias 4, 5 e 6 de maio na cidade de Lençóis Paulista – Casa de Cultura Professora Maria Bove Coneglian. Voltado para dirigentes culturais, produtores, artistas, professores e pesquisadores, as inscrições são gratuitas e podem ser feitas online.

Realizado em parceria com municípios-sede, instituições culturais e escola Cultura e Mercado, a Jornada é uma série de conversas que levanta e aprofunda discussões com pensadores, gestores públicos, pesquisadores, produtores culturais e empreendedores criativos do interior paulista. Ao longo do ano, outras sete regiões, em 14 cidades, recebem o projeto que traz especialistas como André Martinez, Daniele Rorres, Camila Alves, Marcela Amaral e Luciana Castro

Na primeira palestra da Jornada que acontece em Lençóis Paulista, Inovação e Empreendedorismo Criativo, André Martinez provoca o público para reinventar práticas para manter o entusiasmo e acessar as oportunidades para empreender, transformando a realidade local. O encontro acontece na sexta-feira (4) às 19h30.

O sucesso de um projeto cultural depende, em boa parte, do planejamento, bem como comunicação. Em Planejamento estratégico e elaboração de projetos, Daniele Torres mostra ferramentas e conceitos para os participantes planejarem seus projetos. A palestra acontece no sábado (5), das 10h às 18h, com intervalo para almoço.

No último dia do curso o foco é financiamento. Como fazer seu projeto se destacar? Como descobrir em quais leis de incentivo eles se enquadra? Camila Alves apresenta dicas e casos de sucesso em Fontes de financiamento e Leis de incentivo. O encontro acontece domingo (6), também das 10h às 18h, com intervalo para almoço.

A Jornada de Gestão Cultural integra as atividades das Oficinas Culturais, programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciado pela Poiesis.

Bauru

Nos dias 18, 19 e 20 de maio os encontros acontecem no Auditório do Centro Cultural de Bauru, e contam com uma programação voltada a produção de projetos e captação de recursos. Sexta-feira (18), às 19h30, acontece a palestra Estratégias, abordagem, negociação e apresentação na captação de recursos, com Daniele Torres. No final de semana (19 e 20), Marcela Amaral e Luciana Castro apresentam conceitos e casos de sucesso sobre finanças e comunicação em Planejamento, gestão e finanças e Comunicação e avaliação de projetos. As atividades acontecem das 10h às 18h, com intervalo para almoço.

SOBRE OS PALESTRANTES
André Martinez atua há mais de 20 anos na área da economia criativa, é pioneiro no desenvolvimento e aplicação de abordagens sistêmicas para gestão cultural e patrocínio no contexto brasileiro. Mentor e consultor, é proprietário da Aprax Inovação Viva, que possui clientes como Fundação Vale, Instituto Avon, Instituto Claro, Sebrae, dentre outras empresas e fundações.

Camila Alves é especializada em Gestão Cultural pelo Itaú Cultural e Universidade de Girona, e pós-graduanda em Cultura e Globalização na Fundação Sociologia e Política – FESP/SP. Trabalhou no desenvolvimento de projetos, planejamento e prestação de contas para clientes como Instituto Pensarte, UNE, Instituto Cultural Brasilis, BM&A – Brasil Música, Olhar Imaginário, Mamute Filmes, Matel Comunicação, Java 2G e Ruth Slinger, entre outros.

Daniele Torres é museóloga e pós-graduada em História da Arte, Gestão da Cultura e Comunicação Empresarial. Atuou em diferentes empresas e organizações sociais como produtora e gestora de espaços culturais. De 2012 a 2015, foi gestora responsável pela captação de recursos do Instituto Brasileiro de Gestão Cultural e do Instituto Brasil Leitor. Atualmente, é sócia das empresas Cultura e Mercado, e Companhia da Cultura.

Luciana Castro escreveu e executou projetos para clientes como SABESP, Natura, Mauell, ContourGlobal, AES Brasil, Duratex, entre outros. Foi Gerente de Projetos e Relações Comunitárias do Instituto Agires e atualmente, integra a equipe da Companhia da Cultura, desenvolvendo planejamento estratégico para clientes, gerando e acompanhando indicadores de processo/resultado.

Marcela Amaral atua há 17 anos na área da produção cultural e cursou MBA em Gestão de Bens Culturais na Fundação Getúlio Vargas. Dentre outros trabalhos em instituições, galerias e grandes eventos, foi produtora executiva do ICCo (Instituto de Cultura Contemporânea), coordenando a produção, por exemplo, do World Biennial Forum 2014, na cidade de São Paulo. Hoje, responde pelo setor de planejamento e operação da Fundação Bienal de São Paulo.

SOBRE POIESIS
Instituição, que tem por objetivo o desenvolvimento sociocultural e educacional, com ênfase na preservação e difusão da língua portuguesa, desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para o complemento da formação de estudantes e público em geral. A POIESIS trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

SERVIÇO:
Jornada de Gestão Cultural
Inscrições gratuitas: https://goo.gl/ALVncG
Lençóis Paulista
4 a 6/5. Sexta-feira, 19h30 às 21h30; Sábado e domingo, 10h às 18h (com intervalo de almoço).
Local: Casa de Cultura Prof.ª Maria Bove Coneglian | Av. Sete de Setembro, 934

Bauru
18 a 20/5. Sexta-feira, 19h30 às 21h30; Sábado e domingo, 10h às 18h (com intervalo de almoço).
Local: Auditório do Centro Cultural de Bauru | Av. Nações Unidas, 8-9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com