Com filosofia “on the road”, Lucas Milani lança novo álbum “Pqna Volta”

Numa caminhada cheia pela música brasileira desde os anos 2000, Lucas Milani sabe como inovar o cenário com vastas referências. O estilo musical do cantor e compositor carrega influências do rock nacional da década de 70 e 80, tendo como base de peso o ícone do punk Kid Vinil, artista homenageado no novo webclipe “Seu Zito”. Na faixa, a figura do rock nacional, canta ao lado de Lucas Milani sobre Zito, um personagem que era feliz, excêntrico e desapegado dos bens materiais, inspirado no carisma que o próprio Kid teve em vida. Assista o webclipe clicando aqui.

Formado em letras, Lucas usa sua afinidade com as palavras para construir a ponte entre a poesia e a música. A união dessas duas paixões resultou em seu primeiro álbum “Pqna Volta”, fruto de um projeto literário e musical que iniciou como um sarau itinerante por vários países da América do Sul.

Com lançamento hoje, dia 15 de janeiro nas plataformas digitais, o “Pqna Volta” tem inspiração no Haikai, formato japonês de poemas curtos, reverenciado pelo poeta curitibano Paulo Leminski. Em 12 faixas, o álbum reúne 12 canções autorais retiradas de seu livro homônimo, que contém 30 poemas escritos por Lucas.

Seu repertório híbrido incorpora a poesia entre o Folk e o Rock, com músicas que traduzem o estilo de Lucas Milani, que se inspira em Los Hermanos, Tom Zé e Vinicius de Morais. A filosofia On The Road dos beatniks se manifesta nessa fabulação de sentimentos vivenciados com intensidade.

Em “Espera”, faixa com estilo folk e pegada melancólica, os arranjos são feitos em parceria com Kiko Zambianchi, renomado instrumentista e compositor que assina músicas interpretadas por grandes artistas como Marina Lima e Capital Inicial.

Já a “A Estrada é meu lugar”, em parceria com o cantor Landau, é uma música mais enérgica que descreve melhor o conceito do álbum: “sou assim como o vento, meu destino é caminhar”, em que evidencia a importância do caminho e não necessariamente da chegada.

Para quem gosta de rifes de guitarra e bateria, “Quando o barulho” é a faixa mais “barulhenta” do álbum. O ritmo conversa com a letra que relata inquietudes, medos e escolhas que todos carregam dentro de si, e que as curvas podem ser mais interessantes do que a linha certa e reta. Essa música e “Daqui Daquele Lugar” são as duas faixas que mais seguem a linha rock´n roll do disco.

Aos curiosos em conhecer este trabalho, no dia 17 de janeiro, Lucas Milani se apresenta no Sesc Bauru com o lançamento do álbum “Pqna Volta”.

Serviço:

17/01 – Sesc Bauru

Data: 17/01/2018, quarta-feira

Local: Sesc Bauru: https://www.sescsp.org.br/programacao/143889_LUCAS+MILANI

Horário: 21h

Entrada: Gratuita

Daniela Scalabrin Mosqueira
Assessoria de Imprensa
Miki Malka

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com