Sesi/Vôlei Bauru apresenta projeto de novo ginásio e técnico Anderson Rodrigues

Obras para construção de nova praça poliesportiva têm previsão de início para outubro; medalhista olímpico com a seleção brasileira será o treinador da equipe na temporada 2018-2019; Anderson confirma renovações de contrato das centrais Andressa Picussa e Valquiria

 

A construção de um novo ginásio poliesportivo com capacidade para 5 mil pessoas em Bauru já tem previsão para começar: final de outubro deste ano. A estimativa foi feita nesta sexta-feira, 6, pelo presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, em evento realizado no Sesi Horto que detalhou o projeto da obra e também apresentou oficialmente os treinadores dos times de base do Sesi e o ex-atleta Anderson Rodrigues, campeão olímpico com a seleção brasileira de vôlei, como o técnico da futura equipe do Sesi/Vôlei Bauru que disputará a temporada 2018-2019.

Com investimento previsto de R$ 15 milhões, o ginásio será erguido em área de cerca de 6.500 metros quadrados nas dependências do Sesi Horto e terá estrutura para receber jogos de vôlei, basquete, futsal e handebol. Segundo o diretor do departamento de obras do Sesi/Senai, Gunnar Troppmair, o projeto deverá estar finalizado até julho e, passado o processo licitatório, a previsão é que as obras se iniciem até o final de outubro de 2018 e sejam concluídas no segundo semestre de 2019.

 

Técnicos e renovações

O evento no Sesi Horto também foi de apresentação oficial de Anderson Rodrigues, técnico da futura equipe do Sesi/Vôlei Bauru que disputará a temporada 2018-2019, e também dos treinadores das equipes das categorias de base.

Anderson teve carreira brilhante como jogador e trajetória igualmente marcante com a seleção brasileira, onde se consagrou como oposto e tem currículo invejável: bicampeão olímpico (em 2004, em Atenas, como jogador e, em 2016, como auxiliar na comissão técnica), além de medalhista de prata em 2008 em Pequim, bicampeão mundial e da Copa América, campeão Pan-Americano 2007, seis vezes campeão da Liga Mundial e duas vezes campeão da Copa dos Campeões.

Também fez grande carreira nos clubes atuando pelo Minas, Palmeiras, Araraquara, Ulbra, Cimed, Unisul/Joinville, NEC Blue Rockets (Japão), Piacenza e Cuneo Prisma Taranto (Itália), conquistando vários títulos estaduais e o vice-campeonato da Superliga 2000/2001 pela Ulbra (campanha em que foi o maior pontuador e recordista de pontos), além de prêmios pessoais, como o de melhor atacante e pontuador na Itália.

Já do lado de fora das quadras, trabalhou por seis anos na base do Minas Tênis Clube, onde foi assistente de Paulo Coco, atual treinador do Dentil/Praia Clube, e depois assumiu o comando técnico do Brasília na temporada 2016/2017 em sua estreia como treinador. E, recentemente, transferiu-se para o Volero Zurich, na Suíça, sua última passagem na função antes de fechar com o Sesi/Vôlei Bauru.

“É um prazer vir trabalhar aqui, pois é uma cidade que sempre respirou voleibol e conta com um projeto que inspira e motiva qualquer um a vir para cá. A vida é feita de desafios e sempre vou aceitá-los e poder estar na montagem da equipe é muito importante. A ideia é que o projeto cresça, evolua, seja vencedor e dure muitos anos, o que nesta crise que o País vivencia atualmente exige uma estrutura já muito sólida por trás”, ressaltou Anderson ao falar das expectativas de trabalho.

Anderson também confirmou as renovações de contrato das centrais Andressa Picussa e Valquiria e revelou que as negociações para a permanência da ponteira Gabi Cândido e da oposta Tifanny estão bem encaminhadas. “Estamos atrás ainda de uma levantadora e de uma atacante de força para dividir a responsabilidade com a Tifanny, caso ela permaneça mesmo na equipe”.

O treinador também informou que os treinamentos da nova equipe devem se iniciar no começo de junho, prazo em que Skaf também estimou para anunciar os demais integrantes do elenco e comissão técnica. “Mas teremos a equipe toda, completa, caso consigamos trazer atletas de nível de seleção, somente entre setembro e outubro”, frisou Anderson.

No evento, que também contou com a presença de dirigentes e esportistas do Sesi e do Vôlei Bauru, além de autoridades municipais e convidados, também foram apresentados os novos treinadores das equipes das categorias de base do Sesi: José Izar, técnico do sub-17, Rodolfo Henrique Ferreira, o Dodô, técnico do sub-19, e José Rodolfo Lino, técnico do sub-21.

 

Homenagem

O evento desta sexta-feira também denominou oficialmente o Centro Educacional do Sesi como Escola Sesi Gerson Trevizani – Duda, homenageando o educador, comunicador e empresário que morreu em outubro do ano passado.

coletiva
Fonte:

Marcelo Ferrazoli

Assessor de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com