Xadrez de Bauru domina e faz dobradinha de Ouro nos Jogos da Juventude

Triunfo inédito do BTC/Semel aconteceu após 35 anos de busca pelo título estadual e foi conquistado por crianças e pré-adolescentes do município

Após disputa de Mundial, título nacional, ouros em Jogos Regionais e diversas conquistas em tabuleiros espalhados pelo País, a equipe BTC/Semel de Xadrez voltou a mostrar resultados que consolidam Bauru como um dos melhores municípios na modalidade. No final de semana a equipe conquistou uma dobradinha inédita e faturou o concorrido título de campeão do 35º Jogos da Juventude, em Franca-SP, tanto no masculino quanto no feminino. Vitórias obtidas por crianças e pré-adolescentes numa parceria formada pelo Bauru Tênis Clube e a Semel.
Após faturar os títulos das fases sub-regional e regional, foi a vez de dar o xeque-mate nos concorrentes de nível estadual, que reuniu os melhores do jogo na Faculdade de Direito de Franca (FDF). Disputada há 35 anos, foi a primeira vez que Bauru conquistou o título no xadrez, e veio logo nas duas categorias.
As crianças que obtiveram o título no masculino foram Renan Laperuta, André Betetto, Arthur Marquez, Guilherme Gomes, Guilherme Nunes e Renan Martins. No masculino o ouro voltou para Bauru no peito de Ana Beatriz Vieira, Ana Clara Barreto, Bianca Alencar, Lais Lázaro, Liara Blanco. A prata ficou com a cidade de Catanduva e o bronze com Ilha solteira.

CONSOLIDAÇÃO

Ronaldo Alonso, o Dodô, professor e técnico do Xadrez BTC/Semel, falou sobre a dimensão da conquista. “O fato de ser a primeira vez que o xadrez de Bauru vence essa competição em 35 anos já mostra o quanto é difícil. É a consolidação de resultados individuais que as crianças já vinham apresentado agora na força de uma equipe. Em se tratando de xadrez de base, coletivamente e até individualmente, com certeza Bauru é hoje o melhor do estado”, destaca.

OURO NOS JOGOS ABERTOS ESTÁ PRÓXIMO

Dodô falou ainda sobre os Jogos Abertos, tido como grande objetivo, pela alto nível e abrangência do torneio. “Em Bauru entramos nos Jogos Abertos utilizando nossos meninos e meninas da equipe. E enfrentamos times inteiros de contratações. Pessoas com alto nível de experiência. O que torna o desafio muito mais difícil. Mas nossa equipe feminina, por exemplo, acredito que já esse ano tenha condições de brigar pelo Ouro. No masculino ainda avalio melhores possibilidades para a cidade levando o time adulto com alguns garotos da base na reserva para aumentar a experiência”, avalia com otimismo o professor bauruense.

Foto: Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com